Café Paulista, a Colombo dos santistas

 paulista6.jpg

Acabo de vir do almoço no Café Paulista, em Santos (Praça Rui Barbosa, 8, (13) 3219-5550. Cc: todos. Seg. a sex., 6h30/20h, e sáb. até às 16h30). Pra quem não conhece, é o mais antigo restaurante da Baixada Santista e um dos poucos, se não o único, que merece uma parada.

paulista1.jpg

Já era tarde. Comemos apenas meia porção de maionese de pescada (tem todos os dias), uns camarões empanados e empadas de palmito com camarão. Tô falando isso porque há poucos dias, no Viaje na Viagem, o Ricardo Freire, que a partir de agora só vou chamar de Riq, porque é assim que, eu acho, ele gosta, reproduziu um comentário meu sobre Santos e o que um turista pode fazer nesta brava cidade portuária.

Quer dizer, já foi brava, hoje em dia tá domada e um pouco envelhecida, com as desvantagens e as vantagens que o peso do tempo proporciona. Mas não vou falar sobre Santos.

Vou falar sobre o Café Paulista. Enquanto comia e conversava com a minha queridíssima mulher, me estremeceu a idéia de que quando o Manolo e o Antônio (os irmãos, ex-garçons, que hoje são os donos) se afastarem, a cidade vai perder o último vestígio vivo da história de seu apogeu econômico. E, pior ainda, uma cozinha digna, tradicional e de um padrão que resiste desde que eu fui lá a primeira vez, há uns 30 anos.

paulista5.jpg

O Café Paulista é daqueles lugares vivos, em que o barulho das xícaras, colheres, pratos e copos mistura-se com o ruído das conversas, na maior parte das vezes sobre trabalho (café, exportação, porto) e futebol (Santos F. C., nada é perfeito).

paulista2.jpg

paulista4.jpg

paulista8.jpg

Suas paredes são decoradas com murais em azulejos, imagens do interior de São Paulo, motivos agrícolas, particularmente o café.

O clássico, como eu disse no Viagem, é a Garoupa à Guanabara, um espeto com o lombo do peixão grelhado (longe de ficar ressecado, ainda recebe uma demão de um molho à base de tomates frescos), servido sobre um arroz malandrinho com tomates e palmitos. Vale também encomendar (só assim entra no cardápio do dia; se vierem de fora da cidade, liguem antes) o Cuscuz à Paulista, servido à mesa em porções e regado com molho de frutos do mar.

paulista3.jpg

Durante a semana, há pratos do dia com cabrito, cordeiro, língua e fígado de boi e outros ingredientes pouco usuais na cozinha comercial moderna (na foto acima, a feijoada encabeça o cardápio porque era sábado quando foi feita).

As sobremesas são todas manjadas e simples: pudim de leite, banana da terra caramelizada, cremes de papaia e abacate, salada de frutas e frutas em porção. Por incrível que pareça, são ótimas, e pra quem gosta tem até geléia de mocotó (tô fora!), mas aí não é sobremesa, é café da manhã ou da tarde.

Até o cafezinho, tradicional, de coador, é melhor do que a maioria dos expressos que você toma por aí.

No almoço de hoje, pensei que o Paulista é uma espécie de Confeitaria Colombo de Santos (tudo bem, guardadas as diferenças interplanetárias entre Santos e o Rio), com a vantagem de não ser voltada para atender turistas (vocês sabem, o bom turista odeia ser confundido com turista).

Anúncios

Sobre Beto Paschoalini

É o que dizem por aí.
Esse post foi publicado em Brasil, Santos. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Café Paulista, a Colombo dos santistas

  1. Pingback: Caiu na rede, é blogueiro « Viaje na Viagem

  2. Bem, eu quero desejar boas vindas ao mundo blogueiro, sucesso e que compareça sempre no VnV e, também, se me der o prazer de aceitar o convite, ao meu Fatos & Fotos de Viagens.

    Bem-vindo!

  3. Carla disse:

    Beto, seja muito bem-vindo! Estou te linkando lá no Idas e Vindas, Ok?

  4. betopaschoalini disse:

    Arnaldo e Carla, obrigado pela visita. Também estou tentando linkar todos blogs, mas não estou conseguindo. Selecionei o Controle link para a Barra Lateral, inclui os endereços no Blogroll, atualizei e… nada. Vocês têm idéia de como fazer esta trolha funcionar?

  5. Carla disse:

    Ih, Beto, eu ia te sugerir fazer exatamente isso que você fez… 😦

  6. Pingback: Devo, não nego, tô pagando aqui « O meu lugar

  7. Diogo disse:

    Demais!!! 😎

  8. Marina disse:

    Olá! já tinha entrado no seu blog para pesquisar dicas da Provence. Sabe que eu ainda não conheço o café Paulista? vou ter que ir, agora que eu descobri que ele é mais antigo restaurante de Santos. Estoiu montando um blog sobre … Santos! de uma passadinha por lá! abraço, Marina
    canalsantista.wordpress.com

  9. Cesar disse:

    Beto,
    Cheguei no seu blog pelo Ricardo Freire. Estava procurando dicas de Santos. Me deixe perguntar algo: de onde vem o pão de cará santista? Tem em todas as padarias, mas li por aí que sequer leva cará. É bem parecido com um pão de leite, mas de onde surgiu esse nome então? Há um “legítimo pão de cará”? E onde encontrá-lo? E que fato histórico é esse que fez o cará ser tão popular em Santos?
    Um abraço e parabéns pelo blog.

  10. Cesar, não tenho a mínima idéia de onde, como e por quê surgiu o pão de cará. Você é que está me informando que só tem em Santos. Imagino que na fórmula original levava cará, um tubérculo parecido com a batata. Hoje em dia, como a maioria dos alimentos, vai saber o que vai dentro. Eu gosto muito com mortadela e salame, mas tem que ser bem macio, não pode ser muito escuro, o que denota que passou do ponto no forno e está ressecado. Com coca cola, que ajuda a estufar, me salvou da inanição nos meus loucos anos dourados. Sobre dicas de Santos, estas aqui do post e outras do blog ( https://omeulugar.wordpress.com/2007/08/22/santos-pra-quem-vem-santos-pra-quem-foi/) já estão meio defasadas. Se tiver alguma dúvida ou quiser sugestão, pergunte. Abraço.

  11. Brunetti disse:

    Estive no Café Paulista, uma vez, em 1985, e realmente é muito bom, o ambiente te trasnporta a década de 50 ou 60, tudo de muito bom gosto, degustei uma coalhada tradicional, munca esqueci esse lugar. Pretendo retornar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s