Upgrade do pão com chouriço

cascais3.gif

Pena que este blog não seja a cheiro. Pra vocês saberem como cheira o paraíso. Já falei do cheiro do pão de chouriço da feira de Cascais. Agora o nosso amigo Toni Gravata, lá de São João do Estoril, vem com a notícia de que a feira de Cascais mudou de lugar (antes, ficava junto à Praça de Touros – é, também tem disso em Portugal). Não explicou pra onde a feira foi, mas mandou umas fotos pra me torturar, como essa visão aí de cima.

 cascais2.gif

Fizeram um upgrade dos fornos, conforme você pode comparar acima e abaixo.

cascais2.jpg

Só espero que a mudança do terroir não cause qualquer alteração de cor, aroma, corpo e sabor das futuras safras desta obra prima. Que continuem intactas as notas de toucinhos vermelhos e porcos silvestres, com toques de alecrim. E que seja preservado o excelente final em boca.

cascais1.gif

Pra completar a informação, o Gravata documentou a degustação feita domingo passado. Pelo olhar selvagem, acho que fez pra me provocar.

quindim.gif

Por isso, devolvo o desaforo com uma panorâmica do quindão que destrocei neste final de semana.

E vocês aí, qual é o “pão com chouriço” ou o “quindão” que faz vocês atravessarem montanhas, continentes e oceanos salivando até a consumação final? Recados na caixa de comentários…

Anúncios

Sobre Beto Paschoalini

É o que dizem por aí.
Esse post foi publicado em Europa, Portugal. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Upgrade do pão com chouriço

  1. Arthur disse:

    Mais um blog gastronômico para nos fazer aumentar as adiposidades cinturais!

  2. Toni Gravata disse:

    Beto
    Isso é provocação!
    Eu mandei uma informação, clara, concisa e isenta (como deve ser) que poderia (e deveria) constar em qualquer guia turístico que se preocupe em divulgar a nossa cultura e tu respondes atirando-me à cara o móbil do meu pecado da gula!
    Já tenho os papéis em cima da minha secretária todos pingados de saliva!
    Guerra é guerra!
    Não perdes por esperar!

    Até breve

    Toni

  3. Beto disse:

    Toni, poupe a tua baba. Confesso que fui um tantinho desonesto ao dizer que o ataque ao quindão foi neste fim de semana. Na verdade, foi liberdade poética. O quindão foi abatido no dia das mães, segundo domingo de maio aqui pra nós. É que, além da gula, sofro do pecado da inveja. Não suportei ver-te devorando aquelas farturas. Fazemos o seguinte: tu vens com as farturas e os pães com chouriço que eu vou com os quindins. Combinado? Love and peace.

  4. oanodalargartixa disse:

    Poxa vida (como dizia o Pateta), agora já posso dizer que sou amigo de alguém que fala “terroir” como se convidasse a gente pra tomar cafezinho na pada!

  5. Isabel O., Portugal disse:

    Bah.. conversa de homens – que é que no início da época (balnear) quer saber de gorduras, fritos, doces super-doces!…?
    Fiquem com as vossas barriguinhas, cavalheiros. A mim não me convencem.
    Nas mil feiras que temos em Agosto, lá faço a vontade ao marido e como meia fartura.
    Beijinhos.

  6. Isabel O., Portugal disse:

    Leia-se “quem” em vez de “que” na 1ª linha

  7. Diogo disse:

    Nooooossa Betão, te puxou hein!!!!

    Caraca, merecia cheiro nesse post, merecia…

    Abração, Diogo.

  8. sirubia disse:

    A praça de touros desapareceu mas felizmente os pães quentinhos com chouriço podemos encontrar deliciosos em muitos lugares. Nada melhor depois de um show à noite, morrendo de fome e sem nada aberto comer um(2) na saída, recém saído do forno c. uma coca gelada.
    Sim… eles levam os fornos de lenha a qualquer lado. Passei por um agora em Colares.
    Aliás Portugal para comida é uma perdição. E tem o quindão daqui também, que é uma delícia!

  9. thamy disse:

    Acho que por ser da mesma família que acabamos por ter sempre a idéias parecidas. No meu blog tb postei a foto do pão com chouriço e adicionei um pastel de belém de sobremesa.
    Pra dizer a verdade tb não pretendo abrir mão do quindão brasileiríssimo, por isso fico aqui torcendo para que em breve um avião qq me leve para o outro lado – pois as saudades já corroem o coração e a gula!

  10. Pingback: Na carona dos amigos « Viaje na Viagem

  11. Diogo disse:

    Só pra dizer que antes de comentar aqui, li novamente o post do teu trajeto de roma a monte carlo, e fiquei louco MAIS UMA VEZ…

    Tu anda meio sumido, hein cabelera?!

    Abração mestre,

    Diogo

  12. Marcio disse:

    Faltou o cheiro mesmo!! Mas deu muita vontade mesmo assim!!!

    Abs!

  13. Clarissa disse:

    o quindim da barraca que teve na festa junina de copacaban no mês passado, nham nham!
    Parabéns pelo blog. Viramos cliente!

  14. Pingback: Pão com chouriço e sem « Blogovitor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s