Miiii Buenos Aaaaires queriiiiiiiidoooooo…

Todos nós temos um lado dark. Um mau humor bafodeonça escondido em sombrios territórios do inconsciente. Por vezes faço dessa terra gretada a que me refiro o meu playground politicamente incorreto. Uma horta onde cultivo antipatias, com um sorriso nos lábios.

A Argentina de vez em quando é o álvaro em que treino tiro. Deve ser por causa da rivalidade no futebol, do estereótipo da arrogância portenha, da presumida pretensão deles de serem europeus, em contraponto ao nosso primitivismo tupiniquim. Todos nós temos razão quando nos depreciamos mutuamente. Somos mesmo umas tranqueiras.

Então, sempre que ouvia loas a Buenos Aires, e conselhos, recomendações, apelos e súplicas para que fosse conhecer a cidade que só não fica na Europa porque deus é brasileiro, dava de ombros, um sorrisinho no canto da boca e pensava: pra ir pra Paris, eu vou pra Paris mesmo, já que eu não ando mais do que 10 quilômetros pra traçar um churrasco.

E eis que finalmente chegou a minha hora de ir a Buenos Aires. A notícia de que eu iria foi uma surpresa. Na mesma hora da oferta do mimo, acenderam-se os refletores naquela quadra escura e sem vigilância do meu cérebro, este latifúndio improdutivo mas que é meu e ninguém tasca, e deu-me ganas de cantar “Miiiiii Buenos Aaaaaires Queriiiiiiiidooooo”.

O Teco até acordou assustado. Tive que dar um lexotan pra ele voltar a dormir e não me levar a fazer parvoíces (o saudoso Tico sempre dizia ao Teco, com um irônico sotaque luso: “Tás parvo, oúquê?”).

Ainda não sei onde ficar, se em Palermo ou na Recoleta. Nem como organizar os 3 dias. Por isso, tô aceitando, na verdade pedindo a quem conhece bem a cidade, dicas que passem ao largo do basicão, tipo city tour. Gosto de povão (ou povón, é melhor ir treinando) em feiras, arquitetura, café, comida, vinho, enfim, essas coisas civilizadas, mas sem frescuras. A caixa de comentários taí pra isso. Ah! Levem em conta que eu brasileiro e assalariado. O que quer dizer fozizo e mal zazo.

Anúncios

Sobre Beto Paschoalini

É o que dizem por aí.
Esse post foi publicado em Argentina, Buenos Aires. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Miiii Buenos Aaaaires queriiiiiiiidoooooo…

  1. Diogo disse:

    Me dá o teu email que eu te mando umas dicas de restaurantes imperdíveis…

    Ou manda um pra diogocs arroba terra ponto com ponto br que eu respondo em riba 😎

    Brááás,

    Diogo

  2. Mô Gribel disse:

    Posso dar palpite?
    Eu acho Palermo super bacana, mas a Recoleta é tão mais perto de tudo.
    Mesmo que por lá seja fácil de andar e o taxi baratíssimo, eu nem pensaria em trocar a Recoleta por Palermo.
    Ah, o Art é show, mas confirme mesmo, pois comigo eles tinham vaga e quando a minha agente entrou em contato, a vaga sumiu! rs
    O Loi é ótimo!

    Quanto às dicas, eu direi apenas caminhe e se perca, pois foi o que fiz todas as vezes que estive lá. A cidade é linda.
    As outras eu deixo pro pessoal bacana, tipo a Sylvia, que conhece tudo. Ah e eu ainda acho que 3h de city tour valem a pena, pois vc dá uma espiada geral e depois retorna ao seu roteiro pré-viagem.
    Beijo…

  3. Chris Pessoa disse:

    Tem umas dicas no http://www.goitaca.com e mais algumas no meu blog, se vc quiser dar uma olhada.
    Besos!

  4. Diego Dotta disse:

    Buenas noches Beto, já deve conhecer, mas não há melhor lugar para guiar seus 2 amigos perdidos e ainda assustados com essa idéia do que o http://idasevindas.wordpress.com/ da Carla.

    Eu diria para ficar bem no centrão, quase sentado no obelisco, Recoleta está ótimo, a melhor coisa é andar despreocupado e sem pressa até se perder, como disse a Monica.

    Um abraço e boa viagem Beto.

  5. BEto, isso aqui está muito legal. Você não apenas escreve bem, como tem um estilo extremamente franco e simpático, divertido e atraente. Legal demais…

  6. Seguinte cara, contrata a Carla para te passar o bizú completo sobre BsAs. Ela é a RiqFreire da Argentina meu. Já viu o blog dela? Tá tudo lá. E ela ainda ensina conhecer BsAs baratinho, baratinho. Quando é que vc vai?

  7. Beto disse:

    Jorge, sou frequentador do Idas e Vindas. E estou ligado nos posts que ela tem feito sobre BsAs. Vou até linkar na seção Eu, se fosse você, entrava aqui . Abração e obrigado pela dica.

  8. thamy disse:

    A minha dica pela milésima vez, tem muito da minha personalidade…
    “VAI PRA PALERMO”
    Restaurantes, lojas, café, bares e gente bonita. Lugar de gente descolada, jovem, atual.
    Pra mim Palermo é o Bairro Alto dos tugas, é o Soho de NY e quase que a nossa Vila Madalena – bem melhorada.

    http://WWW.GOPALERMO.COM.AR

    E vais voltar “babando o ovo” dos argentinos com certeza. Eu voltei.

    Bj e boa viagem.

  9. Carla disse:

    😆 Beto, pelo amor de Deus, não leva o Jorge a sério, não… Onde já se viu, “RiqFreire da Argentina”, eu? Mó responsabilidade… 😉 Mas, se precisar de qualquer coisa, pode perguntar – se eu souber, dou a dica, Ok?

  10. Diogo disse:

    Oh rapá, olha essa página aqui tbm: http://www.restaurant.com.ar/

    Tem várias dicas, e diz os restaurantes que estão em promoção, hehehe…

  11. JULIANO e VANESSA disse:

    Como foi a viagem velhinho? Adoramos o seu blog e o seu senso de humor, duca! Passa pra gente umas dicas no estilo das que vc pediu antes de ir à BsAs, inclusive sobre o frio, pois vamos agora, e o bicho lá deve tá pegando.

    até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s