Um clássico da minha íris

 img_9677.jpg

Essa foto tá gravada na minha íris. É a Fortaleza da Barra, ou de Santo Amaro, que desde o século XVI guarda a entrada do estuário de Santos, a porta do porto. O pipoqueiro que me atendia, quando ainda mijava no berço e já comia pipoca, tinha ponto em frente, ou melhor, na avenida do outro lado do canal, na Ponta da Praia, porque a fortaleza fica na Ilha de Santo Amaro, Guarujá. De qualquer ponto das praias de Santos, se pode ver a velha fortaleza, encravada no morro, no meio do mato, sempre com um barco ou um navio passando em frente. A gente acostuma com as coisas e muitas vezes não percebe o que tem  frente aos olhos.

A velha fortaleza, como você pode ficar sabendo aqui, foi construída nos tempos em que Portugal esteve sob domínio da coroa espanhola e é irmã das muralhas de Cartagena, no Caribe colombiano. É também um vestígio fundamental do assédio que corsários e piratas exerciam sobre a nascente Vila de Santos, ainda um apêndice de São Vicente, mas estratégica por causa das águas calmas de seu berço marinho natural e porta de entrada para o interior a ser desbravado.

img_9669.jpg

A fortaleza ficou abandonada muitos anos e agora está nos trinques. Estive lá depois de muitos anos e é uma beleza ver que ela vai tão bem, com a realização de exposições e eventos. É, com certeza, um dos passeios mais bacanas pra quem vem a Santos. E para os santistas, que, como quase todo mundo, jamais fazem turismo na própria cidade.

img_9668.jpg

Pra ir até lá, é preciso pegar um barco na Ponte Edgar Perdigão, na avenida Saldanha da Gama, Ponta da Praia. A passagem custa R$ 1,80 e tem saídas a toda hora, que nem busum. Junto à fortaleza, há duas grandes comunidades, originariamente de pescadores, o que gera um tráfego intenso de embarcações durante todo o dia. A travessia dura 5 minutos, se não houver algum naviozão passando e levantando marolas.

img_9666.jpg

Estive lá há menos de 15 dias, uma terça-feira pela manhã, e o lugar estava vazio, só com os funcionários da administração e manutenção, jovens arregimentados nas comunidades vizinhas. Você, que obviamente não é cego, já viu o sol que tava. Com aquela muralha branca e o céu e o mar tão azuis em contraste, me senti em Santorini.

img_9518.jpg

Obviamente, era só Santos. Pra ser justo, Guarujá. Santos fica lá atrás, pra onde aponta o canhão.

img_9557.jpg

É um passeio muito mais barato e interessante do que o de escuna pela baía. Não tem balanço, dá pra fotografar o visual sem risco da foto sair tremida e fica-se livre do pagodão, da macarena e do axé no talo, top hits de 11 em 10 escunas turísticas. A foto aí de baixo não é só pra mostrar o veleiro, mas o edifício Enseada, em segundo plano, um dos dois projetados em Santos pelo controvertido e valorizado arquiteto autodidata Artaxo Jurado e que tem uma das vistas mais cinematográficas da orla, a partir das suas varandas.

img_9494.jpg

O casarão abaixo era a sede do forte.

img_9517.jpg

Dois canhões guardam a sua varanda. Dentro, funciona a administração do museu, salas de exposições e um mezanino onde são administrados cursos e outras atividades culturais.

img_9515.jpg

A Fortaleza da Barra, por sua importância histórica e arquitetônica, além da posição privilegiada na paisagem, é a jóia do Circuito dos Fortes, que reúne outras construções militares situadas na Baixada Santista.

img_9498.jpg

Ao lado da sede, a capela tem um mosaico em pastilhas de vidro de autoria do pintor nipo-brasileiro Manabu Mabe, um apaixonado pela fortaleza.

img_9506.jpg

img_9501.jpg

Uma exposição com quadros abstratos de Mabe pode ser vista no local até o dia 28 de fevereiro, de terça a domingo, das 8 às 18 horas.

img_9527.jpg

A fortaleza está ligada por uma trilha na encosta do morro a uma praia que eu ia de vez em quando, numa época em que possuía longos cabelos louros. Outra encarnação, portanto. A praia do Góes tinha águas transparentes, quase sem ondas, uma lagoa morna. E a trilha tem ótimas paisagens, como esta aí em baixo, com os prédios da Ponta da Praia ao fundo.

img_9580.jpg

Entre o Góes e a fortaleza, tem uma prainha, que fiquei sabendo agora chama-se Cortadura. Ainda tem bom aspecto, como se pode ver.

img_9585.jpg

O melhor é ir fora do fim de semana, pra não enfrentar a muvuca.

img_9590.jpg

img_9491.jpg

O tráfego no Canal da Barra é barra. Não é só catraia nem traineira, não. Tem transatlânticos e mega-cargueiros passando toda hora. Se olhar avião subir e descer já foi atração de fim de semana em Sumpa, ver o entra e sai dos navios pode muito bem servir de distração. Confesso que até hoje não cansei de ver o movimento e ouvir o rugido dos apitos (navio tem apito?).

img_9613.jpg

Pra ficar na real e não vender gato por lebre, é bom avisar que a água do estuário é uma porcaria. Tem tudo quanto é tranqueira. Se afastar os sacos e garrafas de plástico, abstrair dos seres invisíveis, e tiver um calor desgramado como nesse dia aí, dá até pra tomar um banho, mas isso não é, definitivamente, o forte, sem trocadilho, do nosso passeio. 

img_9628.jpg

img_9638.jpg

A praia do Góes, dos meus tempos de condicionador, não existe mais. Nem vou mostrar, mas a ocupação é fim de feira total. A ida vale pela trilha (leve, de 10 minutos, sem subidas e descidas). Lá tem um atracadouro onde pára a barca que leva de volta. Fui a um boteco (Bar do Meio) beber água e não resisti a um comercial caiçara que tava saindo pros trabalhadores locais. Não posso ver peixe, vivo, morto, frito ou assado. Não resisti e mandei ver, num exemplar sabor óleo de soja. Com espírito viajante, dá até pra gostar, tendo em vista o lindo dia, o calor, a paisagem e a gula canina.

img_9637.jpg

A visita, incluindo tempo de navegação, a caminhada pela trilha, uma pausa para hidratação, sem almoço e banho de mar, não exige mais do que 2 horas.

img_9653.jpg

Anúncios

Sobre Beto Paschoalini

É o que dizem por aí.
Esse post foi publicado em Brasil, Santos, São Paulo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

20 respostas para Um clássico da minha íris

  1. Mô Gribel disse:

    Oba, Beto!
    Post novo, sugestão de passeio novo!
    Beijos e Feliz 2008!

  2. Beto disse:

    Oba, Mô! Feliz procê também…

  3. Majô disse:

    Belíssimas fotos !!!! E que bela dica, o forte que eu desconhecia.

    beijos,
    Majô

  4. Que belo texto, que belas fotos, que leitura bacana. Você PRECISA (ou melhor, TEM que vir ao Rio pra conhecer as fortalezas de nosssa cidade e empolgar-se como elas, tão lindas quanto esta aí.

    MUITO bacana mesmo.

    Parabéns

  5. Beto disse:

    Majô e Arnaldo, vou ao Rio e vocês vêm a Santos, ok?

  6. Patsy disse:

    Beto, sempre adoro suas dicas de Santos, essa cidade que mora no meu coração!!!!!

  7. Emília disse:

    Que passeio bacana. E essa igrejinha super singela? Uma belezinha.
    Com certeza está na lista de uma próxima ida a Santos, junto com muitas outras…e a viagem coletiva, subiu no telhado?

  8. Beto disse:

    A capela, Emília, tem um mosaico do Manabu Mabe feito com pastilhas de vidro bem bacana. Antigamente era o paiol da fortaleza. É mesmo um passeio a ser feito numa passagem por Santos, se estiver um dia de sol. A viagem coletiva? Continuo à disposição, mas tudo em grupo é mais difícil mesmo. Um dia sai… Beijos

  9. Ta faltando o trackking na trilha pra Praia do Góes, pô!

  10. Marcio disse:

    Beto,

    Não conhecia não!!! Assim que eu pintar aí no Brasil vou programar o passeio. Ótima dica!!

    Abs!

  11. Beto disse:

    Márcio, se passar por aqui, avise, para um café, um chope ou apenas um abraço. Valeu.

  12. Diogo disse:

    Oi administrador do Blog, tudo bom? Queria te fazer uma pergunta… e o Beto, hein?! Que fim deu no cara? Porra, curtia pacas ele, baita gente boa, animadão e tal… uma pena ter dedsaparecido. Fico triste. Agora vou ter que arranjar um outro careca pra pegar no pé. Talvez a Largatixa conheça um outro assim…

    Sds chororas,

    Diogo

  13. Carmen disse:

    Essas fotos do paisagem e as fotos dos barcos me trasladan al Brasil que eu conosco e adoro. Eu não conosco Santo Amaro, mais as fotos tienen um ambiente familiar que me lembra a outros lugares de Brasil que sim conosco e he estado. Um post íntimo. Me gosta.

  14. Redação disse:

    lindas fotos! parabéns!

  15. E aí, quando é que você vai deixar essa preguiça atávica de lado e colocar um posto novo por aqui, porra?

  16. Vc me parece um intelectual meu caro!
    Parabens pelas informacoes que publicou!

    Servem como uma otima referencia sobre as belezas brasileiras!

  17. Beto disse:

    É que eu uso óculos, Juliana. Quando eu não usava óculos, eu não era assim…

  18. jose revez disse:

    oi camarada tudo bem, gostei imenso do seu trabalho fotografico tem umas fotos maravilhosas, pois deve continuar a progredir nesse sentido , aos que nascem com a missâo de publicar ,e os que nascem com a missâo de observar , eu apenas sei observar ,e creticar , e a minha critica sobre o seu trabalho talentioso é d’e 20 pontos na escala de” 1para 20 obrigado pela seu visâo ,e oportunidade ,de tranmitir os teus conhecimentos aos que nâo têm essa possiblidades , bem hajas um abraço , de Paris França ,

  19. Cynthia Esquivel disse:

    Parabéns pela reportagem fotográfica e descrição do passeio!
    Foram premiados com um dia lindo no lugar mais pitoresco da baixada santista!
    Desenvolvi um projeto de ocupação temática autosustentável da Fortaleza e aguardo as conexões políticas de executá-lo através da OSCIP HabitatBrasil.Org.

  20. julio escobar disse:

    adorei sua narrativa, o texto flui com a naturalidade de um papo de amigos, eu assim com você, sou apaixonado por essa cidade, e tento agora, com alguns anos de atraso, mostrar um pouco de Santos e da região através de fotos, no meu site tem varias fotos que tirei recentemente na Fortaleza da Barra.
    um abraço e parabéns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s